Jardins: como deixá-los mais lindos e charmosos

Idealizar, construir ou cuidar de um jardim não é fácil. Mas, há coisas que você pode fazer para deixar um espaço assim lindo e charmoso.

Atualmente, a maioria dos novos empreendimentos imobiliários no Brasil apresenta dimensões mínimas.

O motivo disso é o aumento expressivo da população, refletindo no número de áreas construídas por metro quadrado.

E nessa matemática rigorosa, priorizam-se, nos projetos, ambientes como cozinhas, banheiros e dormitórios. Porém, acabam ficando de fora, muitas vezes, os jardins.

Por todas estas razões, poços de luz, varandas, terraços e outras áreas abertas devem ser muito considerados por seus proprietários.

Isso porque, se bem cuidados, eles aumentam, significamente, o valor de casas e apartamentos.

Outra questão relevante é a energia positiva que eles liberam. Existem estudos médicos que apontam os benefícios medicinais da arquitetura paisagística.

 Alex Hanazaki https://www.vivadecora.com.br/foto/142933/jardim-com-arvores-e-plantas-ornamentais


Alex Hanazaki |https://www.vivadecora.com.br/foto/142933/jardim-com-arvores-e-plantas-ornamentais

Só que idealizar, construir ou mesmo cuidar de um jardim não é tarefa fácil. Existem diversas questões importantes que precisam ser levadas em consideração, em cada uma dessas etapas.

Às vezes, é preciso recorrer à assistência especializada. Mas, aquelas pessoas que possuem menos recursos, ou que gostam de aceitar um desafio, podem seguir uma lista simples e ainda assim obter um jardim lindo e charmoso.

  Alex Hanazaki https://www.vivadecora.com.br/foto/142924/jardim-com-piso-de-porcelanato-e-banco-de-madera


Alex Hanazaki |https://www.vivadecora.com.br/foto/142924/jardim-com-piso-de-porcelanato-e-banco-de-madera

Organização e limpeza são primordiais

Se o jardim foi negligenciado por muitos anos pelo proprietário, ou mesmo se todo o imóvel está abandonado, é fundamental começar a transformação através da limpeza do terreno. Plantas mortas devem ser descartadas.

As espécies que não se adaptaram ao local também precisam ser removidas. E o restante pode passar por processos de adubagem, nutrição, rega e poda.

Elementos dispersos na paisagem, quebrados ou não condizentes com a nova proposta, devem ser retirados do jardim.

Aquilo que puder ser limpo e reaproveitado permanece, de acordo com o plano de melhorias traçado pelo proprietário. Mas, nada do que for mantido pode oferecer riscos à saúde humana, como ser criador de mosquitos aedes aegypti.

jardim-03

Casa Cor | https://www.vivadecora.com.br/foto/110263/jardim

Traçando um plano de melhorias

Depois da limpeza do jardim e da organização de todos os elementos permanecentes no local, é vez do proprietário decidir como ele deseja que seja esse espaço.

Qual a aparência e funcionalidade que deve ter?

Qual o estilo artístico que pode ser usado como referência visual?

E como todas essas ideias podem se encaixar em seu orçamento?

Nesta etapa, é importante levar em consideração as limitações. Talvez alguns materiais ou técnicas construtivas não possam ser empregados por estarem indisponíveis no comércio da região.

Se, por exemplo, a intenção era criar um cenário com tema marinho, mas num endereço fica na serra, o que tiver de ser plantado deve estar de acordo, primeiro, com as condições climáticas do local.

 Alex Hanazaki | https://www.vivadecora.com.br/foto/142919/jardim-com-totens-de-bacias-e-bancos-de-madeira

Alex Hanazaki | https://www.vivadecora.com.br/foto/142919/jardim-com-totens-de-bacias-e-bancos-de-madeira

Depois responder todas essas questões, é vez do proprietário definir qual será o ponto focal do jardim.

Dentro de um perímetro pode haver vários recantos – de lazer, contemplação e relaxamento. Mas, um deles apresentará algo que chamará mais a atenção do observador, que resumirá a função de todo o jardim.

Pode ser uma fonte, uma estufa, uma pérgola, uma piscina ou até uma quadra de esportes.

Elmor Arquitetura | https://www.vivadecora.com.br/foto/93473/jardim-vertical

Elmor Arquitetura | https://www.vivadecora.com.br/foto/93473/jardim-vertical

Criando recantos temáticos

O proprietário pode decidir que o seu jardim servirá como um lugar de confraternização e divertimento familiar.

Neste caso, ele poderia reservar um setor do terreno para a construção de um espaço gourmet. Também uma área pavimentada com poltronas sob um ombrelone.

E instalar uma lareira externa, uma jacuzzi, uma ducha, brinquedos e muitos outros mobiliários e equipamentos.

jardim-6

Danise Barreto | https://www.vivadecora.com.br/foto/75907/vasos-decorativo

  Alalou Paisagismo | https://www.vivadecora.com.br/foto/146259/jardim-com-muro-verde-e-deck-de-madeira


Alalou Paisagismo | https://www.vivadecora.com.br/foto/146259/jardim-com-muro-verde-e-deck-de-madeira

Aliás, o jardim é um ótimo ponto da casa para expor elementos que reflitam sua personalidade. Muitas peças resultantes de processos como DIY ou upcycling combinam perfeitamente com áreas abertas e ajardinadas, dando toque especial a diferentes setores.

Obras assinadas por artistas ainda proporcionam mais requinte à proposta, proporcionando charme e beleza incomparáveis.

 Casa Cor | https://www.vivadecora.com.br/foto/104742/jardim

Casa Cor | https://www.vivadecora.com.br/foto/105810/bancos-com-tronco-de-arvore

Finalizando com cor, luz e movimento

A energia vital presente nos jardins vem das plantas. Claro, existem propostas paisagísticas com maior predomínio de áreas secas.

Mas, não há o que o homem faça que se compare à obra divina. As cores, texturas e aromas de folhas, flores e frutos se sobressaem a qualquer outra coisa.

E muito do estilo artístico escolhido ficará melhor evidenciado através desse agrupamento de espécies e pelas linhas dos canteiros.

O proprietário poderá optar por compor um jardim do tipo clássico, com muita rigidez, formalidade e simetria.

Ou inglês, mais natural, sem preocupação com podas ornamentais e dispondo cada item de acordo com seu porte, textura e coloração.

E tem os orientais, onde essa combinação é menos importante do que as simbologias – presentes em percursos d’água, lagos de carpas, fontes, bonsais e topiaras.

jardim-09

Casa Cor | https://www.vivadecora.com.br/foto/104742/jardim

Mas, independente das influências de culturas passadas, os modelos de jardins contemporâneos consideram mesmo os costumes atuais.

Pessoas com menos tempo ou habilidade para cuidar de plantas cultivam espécies em vasos. E as indicadas são, justamente, aquelas que necessitam de pouca irrigação, como as perenes, as lantanas ou as dos gêneros epylhillum, escobaria e autóctone.

É importante o proprietário buscar orientação para entender quais as plantas que se adaptam a cada condição existente de chuva e insolação.

Geralmente, a melhor escolha são as espécies nativas. E elas, à noite, estando na borda de percursos, como caramanchões, cobrindo muros ou contornando fachadas, terão suas estruturas destacadas por um efeito dramático e encantador das luzes, provindas luminárias de jardim.

jardim-10

Alex Hanazaki | https://www.vivadecora.com.br/foto/9826/area-externa

Elmor Arquitetura | https://www.vivadecora.com.br/foto/93474/jardim-com-espelho-dagua-e-pergolado

Elmor Arquitetura | https://www.vivadecora.com.br/foto/93474/jardim-com-espelho-dagua-e-pergolado

Texto criado pela equipe Viva Decora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


4 − = 1

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>